Belghos

Alano, um camponês. Arte de Berto Souza, para Belregard.

Alano, um camponês. Arte de Berto Souza, para Belregard.

Bradando serem os escolhidos do Criador, os belghos tomaram para si o dever de unir a humanidade sob punho firme. Para alguns, comportam-se como verdadeiros ditadores, senhores do destino dos homens, para outros são como irmãos mais velhos, apenas preocupados com o direcionamento dos mais jovens. Uma coisa é fato, os belghos encarnam tudo aquilo que o ser humano pode ser, seja para o bem ou para o mal. Seu ímpeto e sua sede por conquista já fizeram o mundo tremer mais de uma vez. O último grande feito destes senhores dos homens foi a construção do Império de Virka que, tragicamente, ruiu há alguns anos.

Os belghos apresentam uma grande variação de traços físicos, mas costumam ter estatura alta, indo de 1,70m até 1,80m para os homens e 1,60m a 1,70m para as mulheres. Têm a pele levemente bronzeada, indo do branco ao moreno, como uma característica marcante de sua longa história de batalhas, conflitos e trabalhos em louvor ao Criador. Os cabelos variam do castanho claro ao negro e os olhos seguem um padrão de tonalidade escura. Como a etnia dominante de Belregard, não é incomum que ocorram uniões entre belghos e membros de outras etnias, dessa maneira gerando descentes com os mais variados traços.